Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Maria

Lilypie Fifth Birthday tickers

Maria banho.jpg

João

Lilypie Second Birthday tickers

C:\Documents and Settings\isabel.faria\My Document

Visitas

contador gratis

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Pesquisar

 


Final do ano escolar: as "notas"

Quinta-feira, 30.08.12

Sejamos sinceros, a avaliação final do ano escolar da Maria foi "bipolar". Ou seja, muito boa em certos domínios mas com claras "oportunidades de melhoria"{#emotions_dlg.blink} noutros.

Eu e o Bruno reunimo-nos com a educadora M. numa 4ªfeira à hora do almoço, deve ter sido para digerir melhor a coisa. A M. não nos disse nada de surpreendente, afinal a Maria porta-se na escola como em casa, e é aquele furacão de energia que todos sabemos. Mas é também muito teimosa e quer fazer tudo à sua maneira, e precisa, por isso, de ser continuamente contrariada.

Para além da conversa, recebemos um relatório de 3 páginas com a avaliação da Maria por tipos de desenvolvimento: cognitivo, de socialização, de linguagem, motor e de autonomia. A Maria destaca-se nos domínios cognitivo, de linguagem (obviously) e motor. E leva uns valentes "chumbos" na parte da obediência aos adultos{#emotions_dlg.confused}. E na paciência (mas essa eu perdoo, está-lhe nos genes).

O relatório contém ainda uma breve descrição da personalidade e comportamento da Maria, descrição da qual vou retirar uns excertos:

Parte boa: "A Maria é uma criança alegre, bem disposta, activa, faladora, observadora, sociável, expressiva, curiosa(...)"

Parte neutra, mas importante: "Quer ser o centro das atenções e gosta de ser líder."

Parte menos boa: "Quando as coisas não estão como ela quer, é capaz de ser agressiva com os amigos para conseguir o que quer. Muita dificuldade em aceitar as regras da sala."

Ou seja, é uma miúda cheia de personalidade, mas também teimosa e desobediente. E precisa de aprender a lidar com regras e limites desde já. Eu e o Bruno já sabíamos isso, mas não é fácil sendo a Maria uma primeira filha, neta, bisneta, sobrinha (tal e qual eu)... Está rodeada de mimo e atenções e habituou-se a isso. A M. mostrou-se compreensiva pois também a sua própria filha é assim. E estávamos nós a falar da teimosia da Maria quando eu resolvo perguntar:

- Mas nestas idades... como são os outros miúdos? Não são assim?

E a M., sem conseguir disfarçar um certo tom de desabafo:

- São, mas a Maria é a pior!

E pronto, lá enfiei a viola no saco e foi nesta nota que terminou a reunião{#emotions_dlg.smile}. Eu e o Bruno saímos da escola a rir com esta última observação, mas conscientes de que a tarefa que temos em mãos não é a mais fácil de todas. Enfim, quem sai aos seus... 

 

E a imagem que me vem à cabeça quando me lembro da M. no seu desabafo final:

(Imagem retirada da net)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Domingos de Verão em Palmela (na casa dos bisavós)

Domingo, 19.08.12

Entre Junho e Julho fomos visitar os (bis)avós João e Fifina duas vezes, em dois domingos solarengos. Não eram ainda férias de Verão, mas lá em casa, e com bom tempo, quase soube a isso.

Na primeira vez estavam os (bis)avós e a Tia Fofi, mas nesta última visita a tia estava no monte e perdeu a visita da Maria (com muita pena das duas, diga-se).

A Maria diverte-se sempre que vai a Palmela, mas com sol e calor é sempre melhor, porque pode correr livremente pelo jardim e, ainda melhor, brincar com água{#emotions_dlg.sarcastic}.

Em Junho entreteve-se com a tia Fofi a dar mangueiradas pela relva (a si própria também, claro), mas neste domingo de Julho o avô ligou o aspersor e foram "banhos" a sério. Corria divertidíssima por entre as gotas de água, cada vez mais perto, e dava gritos de contentamento. Não tardou em querer vir buscar toda a gente para também nós nos molharmos nestas corridas (mais o pai e o bisavô João). O avô até emprestou uns calções de banho ao Bruno para que ele pudesse estar mais confortável com toda aquela água.

A Maria ficou nestas brincadeiras "que tempos". Depois foi altura de lanchar e a Maria ficou espantadíssima com as maçãs pequeninas que uma das macieiras do avô dava{#emotions_dlg.amazed}. Comeu logo duas de seguida.

Já a tarde caía e a Maria ia conversando animadamente com os bisavós. O avô contava histórias e lenga-lengas (perante uma Maria surpresa) e a avó metia-se com ela e emprestava-lhe bonecos e chapéus. Ainda houve tempo para uns belos pontapés na bola (quando está para aí virada, a Maria até parece ter jeito para o futebol) com o pai (e eu, mas eu não tenho jeito nenhum, mesmo quando comparada com uma criança de 2 anos) antes de serem horas de ir embora. Com muita pena nossa, claro, porque são sempre dias muito animados (e saborosos{#emotions_dlg.tongue}!).

Agora ficou a promessa de voltarmos no final de Agosto, para mais umas "banhocas" especiais.

 

Imagens da tarde de Julho (ainda quero passar algumas de Junho):

 

Nota: Em Junho, a Maria passou muito tempo a "perseguir" a Musty (a cadela preta dos avós) e gostava de estar ao pé dela. Em Julho já tínhamos dito adeus à Musty, mas a Maria, não sabendo, claro está, fartou-se de perguntar por ela...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Praia em S.João

Terça-feira, 14.08.12

Em 2011 fizemos bastante praia em S. João da Caparica, nos fins-de-semana que antecederam as férias. Este ano nem tanto, umas vezes porque eu estava a trabalhar, outras porque tinhamos coisas combinadas (com família, amigos) e outras ainda porque o tempo não ajudou grande coisa (o Verão chegou tarde).

Mas no dia 21 de Julho, aniversário de casamento dos avós, enquanto estes rapavam frio num cruzeiro no Báltico{#emotions_dlg.ice} (avós já de férias), nós fomos para o sol da Caparica. O dia estava bastante bom e conseguimos chegar à praia pouco depois das 9h30. O tio Carlitos já lá estava, mas era dos poucos, já que a essa hora o areal ainda estava muito por nossa conta (good{#emotions_dlg.ok}).

A Maria começou logo a brincar com os baldes e formas, ainda nem tirara os chinelos. Mas logo foi atraída pela água, claro, e correu para lá para brincar na beira-mar e saltar nas ondas com a ajuda do pai e padrinho. E eles ainda lhe construíram uma pequena piscina, onde ela brincou animada até ser altura de comer o lanche de meio da manhã (desta vez, banana e bolachas).

Foi por essa altura (já passava das onze, que vergonha{#emotions_dlg.blink}!) que chegaram os primeiros tios. A Preta, o Tony e a Patins, que fez uma enorma festa à Maria pois não a via há uns tempos. Pouco depois chegaram também os tios Fufs, e a tia Fuf levou a Maria pela mão até à água novamente.

Até serem horas de ir embora, a Maria andou toda divertida nas ondas (baixinhas) do mar, entre saltinhos e gargalhadas, com a mãe e as tias Preta e Fuf. 

Pouco antes do almoço lá tivemos de arrumar as tralhas e ir embora (só os três, já que os tios ficaram no "tosta para cima, tosta para baixo"), mas não sem antes combinar jantar em casa dos tios Fufs nessa mesma noite. Foi um "até logo".

A tarde foi passada em casa numa grande molenguice (que também sabe muito bem) e ao entardecer saímos em direcção a Alcochete. O jantar foi animado, já com os tios Melos a juntarem-se ao grupo, e a Maria andou toda contente a receber atenções de toda a gente. Tirando um pequeno "acidente" no chão dos tios Fufs {#emotions_dlg.blushed}(thank God é mosaico), a noite correu muito bem. Foi, portanto, um dia em cheio!

 

Imagens da manhã de praia:

E uma imagem do jantar:

 

Nota1: A segunda fotografia é para ilustrar o quão "nossa" era a praia (Caparica, senhores!) no início da manhã. Aqueles pontinhos a meio da imagem são o Bruno, o Carlitos e a Maria.

Nota 2: Os avós ligaram 2 vezes do cruzeiro neste dia, porque estavam com muitas saudades da neta{#emotions_dlg.inlove}. E ainda estavam no início da viagem...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um galo na cabeça!

Domingo, 12.08.12

Chego a casa (pouco antes das férias) e oiço a Maria num lamento com a avó. Tinha acabado de tropeçar num brinquedo e e bater com a cabeça (sobrolho) na cama dela{#emotions_dlg.nostalgic}. Estava encarnadito, mas não parecia nada demais. Dou-lhe beijinhos e a avó vai buscar gelo enrolado num paninho; entretanto chega também o Bruno, a quem a Maria pede ainda mais mimo. Pouco tempo depois, estava fina{#emotions_dlg.smile}.

 

Abaixo a sequência que diz tudo sobre este gal(it)o da Maria:

 {#emotions_dlg.inlove} Não resistimos a esta miúda! {#emotions_dlg.inlove}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria e os restaurantes (em dias de semana)

Domingo, 12.08.12

Comer fora é um hábito ao fim-de-semana, principalmente almoço com os amigos (tios) do costume. Já durante a semana a regra é jantar em casa, mas de vez em quando temos de comprar alguma coisa e vamos fora. A Maria porta-se quase sempre bem, excepto se estiver com sono, altura em que a possibilidade de birra é bem real.

Com ela optamos por ir a um Portugália ou Lusitânia porque sempre têm bons bifes, cadeiras fixes para ela, o sítio tem um ambiente familiar e ninguém se importa com a criança da mesa do lado{#emotions_dlg.blink}.

Costumamos ir cedo, pedir bifes para nós e menu infantil para ela (frango ou hamburguer com puré e tomatinhos), e só depois de jantar é que vamos às tais compras (para evitar que haja birra de fome...). Às vezes não resulta e ela fica impossível, mas pelo menos à mesa não tenho grandes queixas, a Maria costuma ser bastante bem-comportada{#emotions_dlg.smile} (com a eterna ajuda do Noddy & iPhone friends).

 

Eis a nossa Mary a jantar na Portugália em 2 noites diferentes (numa delas a tia Preta veio ter connosco, directa do trabalho):

Nota 1: Na fotografia da direita, ela parece estar a chamar a atenção do empregado para pedir alguma coisa, mas não estava. É muito desenvolvida, mas quem faz os pedidos dela ainda somos nós...{#emotions_dlg.happy}

 

Nota 2: Às vezes as birras de sono acontecem mesmo. Da última vez que jantámos fora em dia de semana fomos aos saldos (comprámos 2 pares de ténis de ginásio, um para mim e outro para o Bruno - a 50%), mas não explorámos muita coisa porque a Maria estava impossível. Ainda lhe conseguimos comprar umas Crocs para o Verão, mas ela "queria-não queria" tanta coisa que tivemos de a trazer para casa e deitá-la. Cansada e nós também!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Visita ao bisavô Jorge

Domingo, 12.08.12

No dia 14 de Julho último, eu e o Bruno tivemos o casamento dos amigos Vivs e Guida, e a Maria ficou, como habitualmente nestas ocasiões, com os avós. Aproveitando a tarde longa, logo a seguir ao almoço a Maria foi visitar o (bis)avô Jorge, que já a não via há uns tempos e que convidara os avós a irem lá a casa com ela.

Mesmo não tendo estado lá, soube que ela se divertiu imenso, que se fartou de brincar e que deliciou toda a gente{#emotions_dlg.smile}. Estava lá a Carolina, que teve imensa paciência e que lhe emprestou um mar de brinquedos que entretiveram a Maria durante horas. A Maria recebeu uma moldura personalizada toda gira, e o bisavô tirou e imprimiu uma foto da Maria a brincar, que logo preencheu a moldura. É para o quarto da Maria, mas por acaso agora até está na sala... (o quarto ainda não tem as prateleiras).

A Maria lanchou lá e só depois veio para a nossa casa, onde os avós a deitaram e esperaram (coitados) pela nossa chegada (mas fomos queridos e chegámos relativamente cedo{#emotions_dlg.blink}...).

Portanto, foi uma bela tarde (e noite) para nós, mas foi também óptima para a Maria!

 

PS: No casamento recebemos um presente para a Maria dos amigos Miguel, Rita e Miguel (pelo seu 2º aniversário, já que eles não tinham podido vir no dia da festa), e foi a primeira coisa que a Maria viu no domingo. Logo abriu o embrulho e descobriu um jogo-loto de animais, que adorou. E tenho de admitir que toda a família joga, e com gosto! Ei-la a explorar o jogo (ainda de pijaminha):

Autoria e outros dados (tags, etc)

Curtas da Maria I

Sexta-feira, 03.08.12

Deitada na sua cama, a adormecer:

- Papá, quem pintou a parede do quarto?

- Foi o papá e o Carlitos.

(pausa)

- Está perfeito. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria e o Euro2012

Sexta-feira, 03.08.12

Ah, pois, esqueci-me de fazer o rescaldo do Euro{#emotions_dlg.sporting} no que respeita à Maria. Bom, se calhar porque não gosto de relembrar coisas tristes...

A nossa casa acabou por ser o ponto de encontro do grupo do costume para assistir aos jogos de Portugal. Organizávamos uns petiscos, umas cervejas, e pronto: 90 minutos de stress, entusiasmo e alegrias (e tristezas) partilhadas.

A Maria ficava hiper alegre com os tios lá em casa nestas ocasiões. Quando era golo, primeiro até se assustava, mas rapidamente se juntava à festa com os seus gritinhos, e fazia comigo a happy dance: saltava para o meu colo e andávamos aos pulos pela sala{#emotions_dlg.sarcastic}. Dizia repetidamente "Por-tu-gal!", mas entusiasmava-se com golos, cantos, faltas... de qualquer equipa! Para ela, hoje, o cachecol da selecção nacional é sinónimo de festa. Que é o que se quer.

 

Fotos não me lembrei de tirar (lá está, o stress dos jogos), mas tenho esta desfocadita...

Nota: Ouviu pelo meio umas asneiradas (que saem nestas ocasiões). Tanto é que já lhe ouvimos algumas vezes um palavrão. Ignoramos, mas esperamos que não repita a coisa na escola, ou hão-de pensar que tem uma linda educação cá em casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Almoço no Guincho com avós e bisavós

Quinta-feira, 02.08.12

Há já algum tempo que a Maria não estava com os bisavós... E no dia 8 de Julho os avós João e Isabel lembraram-se de convidar os bisavós João e Fifina, e Isabel, para um almoço de domingo no Meste Zé, e juntaram-nos ao convite. Foi óptimo, porque a Maria gosta muito de estar com a família (e aquela cataplana de marisco é bem boa{#emotions_dlg.tongue}!).

Só estivemos juntos durante o almoço, mas como foi daqueles prolongados, deu para a Maria trocar mimos com todos. A avó não se cansou de lhe dar beijocas e até esteve uns tempos sentada ao colo da bisavó Isabel a ver a praia - alguns banhistas resistentes.

De registar que a Maria comeu um linguado grelhado sozinha (com batata e cenoura), e ainda ajudou o pai a "dar cabo" de um gelado. Ainda a levámos ao terraço, mas apesar de soalheiro o dia estava demasiado ventoso. Os avós e bisavós foram passear e nós os 3 regressámos a casa.

A tarde arrastou-se numa delícia preguiçosa, entre bolo de maçã caseiro (made by Bruno, obviamente{#emotions_dlg.blink}) e um lego estreado (vamos guardando presentes que lhe dão no Natal e aniversário para os distribuir durante o ano, ela aprecia-os melhor assim). Foi um domingo de família, brincadeiras e mimos. Um domingo como se quer, portanto!

 

Da tarde:

  1. Maria a mostrar que come o peixe todo (tão feliz!)
  2. Maria a ajudar o gelado (e respectiva bolacha) a desaparecer rapidamente
  3. Maria a brincar com o Lego "novo"

 

Nota 1: Está a estrear a toilette que lhe ofereceu a tia Teté nos anos.

Nota 2: A Maria até gostou de brincar com o Lego, mas continua a preferir claramente os seus bebés e as cozinhas. Se calhar o gosto pelos Legos irá aumentar à medida que cresce. Eu recordo perfeitamente as tardes inteiras que passava de volta dos meus - foram o meu brinquedo de eleição da infância. E, bom, confesso que me deu imenso gozo voltar a mexer nas peças{#emotions_dlg.sarcastic}!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Peixinho e limonada em Alcochete

Quinta-feira, 02.08.12

Como já vem sendo hábito em dias de Verão, combinámos um almoço de peixe fresco em Alcochete (terra dos tios Fufs), com os tios do costume. Chegámos ao restaurante do centro pelas 14h, já com a Maria "almoçada", mas não foi por isso que ela não quis do nosso peixe, batata, salada e , claro, sobremesa. O pior mesmo foram as moscas que não nos largaram o almoço inteiro{#emotions_dlg.annoyed}!

Já a maioria do grupo tomava café quando a Maria se levantou da mesa, e lá foi ela andar um bocado com a mãe e com a tia Mela pelas ruelas do centro. Ao avistar o rio, disse logo que queria ir à água (muito gosta ela de água, senhores) e foi difícil convencê-la de que aquilo não era uma praia.

A tarde foi depois passada no terraço dos tios Fufs, entre conversas, revistas e limonada fresca, e a Maria esteve que nem gente grande: "leu" revistas, fartou-se de beber (limonada, bem entendido) e até passou um tempinho esticada numa das espreguiçadeiras...

De assinalar que a Maria acha que a casa dos tios Fufs é "o hotel" (chamou-lhe assim{#emotions_dlg.happy}) e que o Tony é o tio mais bonito (claramente houve coaching descarado aqui). E acha também que lá se está muito bem (e tem razão) porque não se queria vir embora. Resumindo, foi uma tarde de moleza boa... 

 

Maria que nem gente grande, a imitar o pai e o tio Fuf:

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Dentista em Lisboa

    Sempre que as crianças fazem uma conquista é uma v...

  • Janete

    Que doçura de blog! Parecem muito felizes!

  • Paula

    OláA procura de sítiio onde ficar no algarve ,enco...

  • Preta

    Este blog encerrou e não avisaste os teus leitores...

  • MIF

    Fica prometido!Beijinhos e saudades,MIF






subscrever feeds



Pág. 1/2