Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


Maria

Lilypie Fifth Birthday tickers

Maria banho.jpg

João

Lilypie Second Birthday tickers

C:\Documents and Settings\isabel.faria\My Document

Visitas

contador gratis

calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Pesquisar

 


Iniciação artística: uma evolução

Segunda-feira, 24.02.14

A Maria não pode ser considerada grande fã de desenho e pintura. Pelo menos para já. Acho que prefere brincar ou "ler" livros a desenhar/ pintar. No entanto, sempre adorou canetas, lápis e papel{#emotions_dlg.meeting}, mesmo que no final acabasse só por fazer uns rabiscos. Nós sempre atribuímos esta sua pouca apetência/ talento pela arte à sua pouca capacidade de concentração (é um facto) e à genética. À genética da parte do Bruno, que diz que não era lá grande artista, enquanto eu até tinha algum jeito (e mais do que isso, adorava desenhar).

Nos últimos tempos, porém, a Maria tem demonstrado alguma evolução nesta sua "arte". Primeiro, surpreendeu-nos com um retrato de um "senhor velhinho" com pés e cabeça (literalmente), no quadro de desenho. E ontem fez várias fichas de actividade que já demonstram mais concentração.

É que, quando fomos à Bertrand, no sábado, comprar o presente de anos do Ricardinho, ela quis trazer um caderno de actividades para fazer, e eu, como achei vantajoso, deixei. Era um caderno da Disney, para miúdos de 3/4 anos, com fichas para colorir, tracejar, identificar relações, labirintos, etc. E a Maria adorou a coisa{#emotions_dlg.smile}. Ontem de manhã quis logo fazer umas dez fichas. Claro que, à medida que o tempo foi passando, as fichas iam ficando cada vez menos perfeitinhas e a páginas tantas, guardámos o caderno (contra a vontade dela, que queria despachar as fichas todas). Mas a verdade é que as primeiras 3 ou 4, que ela ainda fez com gosto e concentração, ficaram mesmo bem. Está visto que a miúda até tem algum jeito, o que ela não tem é paciência{#emotions_dlg.blink}!

 

E só para ilustrar esta evolução, deixo então duas evidências:

1 - O "senhor", com cabeça (olhos, narinas, boca, orelhas), tronco (barriga e umbigo), braços, pernas e pés

2 - A primeira ficha de actividade do tal caderno (um Pato Donald para colorir)

 

Nota: Sim, eu sei que há miúdos da idade dela que fazem isto há que séculos, mas fiquei muito contente com a evolução. E serei sempre a mãe orgulhosa, não há remédio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A festa dos 3 anos do Ricardinho e um lanche de bónus

Segunda-feira, 24.02.14

No sábado fomos à festa de aniversário do Ricardinho, o filho mais velho dos amigos Isabel e Ricardo. Completou 3 anos e continua um miúdo amoroso, com uns olhos azuis irresistíveis.

A festa foi na casa nova e, apesar de se terem mudado há pouquíssimo tempo, a casa já estava praticamente impecável. É um T4 super espaçoso e ainda bem, porque convidados eram imensos e havia miúdos pequenos a correr por todo o lado. O João, como chegou à festa a dormir{#emotions_dlg.sleeping}, até passou algum tempo resguardado no quarto da Margarida, a mana mais nova do Ricardinho. A Maggie é uma bebé de 9 meses, super fofa e pequenina (pelo menos comparada com o grandalhão do João{#emotions_dlg.blink}).

Estivemos com os amigos João Maria e Joana, e Rita e Miguéis. Foi pena não termos conhecido ainda o Filipe, o bebé do João e da Sofia, que acabaram por não poder ir.

A Maria, claro, andou quase sempre com a Leonor, e raramente lhes pusemos a vista em cima. Só na hora do lanche, quando lhes fomos arranjar uns sumos, sandes e bolos. E mesmo assim, de fugida. Estão umas independentes...

O João esteve sempre bem, mas a casa estava muito quente e temi que ele ficasse constipado com as diferenças de temperatura... (viria a acertar!).

Como a conversa soube bem, mas o tempo soube a pouco, acabámos por combinar novo lanche no dia seguinte, em nossa casa. O João e a Joana não podiam, mas viria a Rita com o Miguel, para este brincar com a Maria (e lhe ensinar as horas - a nova "panca" do Miguel, que é apaixonado por números).

Assim, no domingo recebemos a Rita e o Miguel à hora do lanche. Afinal a Maria e o Miguel não brincaram com números, mas fartaram-se de brincar com os Playmobil. O importante era mesmo isso: brincarem. Já nós, adultos, estivemos à conversa e revimos uns postais que a Rita me enviara "no século passado" e que eu encontrara nas minhas arrumações da manhã. Muitas risadas, portanto{#emotions_dlg.lol}.

Foi um belo fim-de-semana, que começou em família com a festa do avô, e acabou com brincadeiras entre amigos. Bom, e com um João adoentado, isso foi a parte má (se bem que agora, 2ªfeira à noite, está bem melhor!).

{#emotions_dlg.ok}

 

Foto a colocar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma área de "trabalho" para a Maria

Segunda-feira, 24.02.14

O objectivo de arranjar/ decorar a parede que faltava do quarto da Maria era não tanto alinhar a bonecada de forma ordeira, mas fundamentalmente "destralhar" o espaço de secretária. Isto porque a Maria até gosta de usar a secretária (umas vezes para desenhar, outras para recortar e colar, outras simplesmente para estar a brincar), mas a verdade é que a secretária passava a vida "afogada" em coisas{#emotions_dlg.confused}. Nomeadamente em bonecos.

Assim, enquanto os "bebés" passaram a ocupar a prateleira de cima, outros brinquedos passaram a uma prateleira menor, e a secretária passou a conter apenas papéis, cadernos, lápis e canetas, tesouras (próprias para a idade) e coisas que tal{#emotions_dlg.meeting}.

Aproveitámos e arranjámos no Ikea umas caixas de arrumação para parede, e com o embalo da "obra" reorganizei as prateleiras dos livros, que ficaram muito mais "limpinhas" e com mais espaço. O quarto até parece outro! E a Maria gosta tanto deste novo espaço que agora anda muito mais dedicada "às artes (ver post "Iniciação artística: uma evolução"){#emotions_dlg.smile}!

 

cantinho de "trabalho" da Maria

Nota: O quadro da menina foi pintado pela amiga Ana Henriques, que o ofereceu à Maria quando ela era bebé. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria e seus "bebés": agora tão arrumadinhos!

Segunda-feira, 24.02.14

A Maria tem muitos brinquedos. Desde Legos a Playmobils, Barbies a Pinipons, Barriguitas a puzzles, jogos de construção a acessórios de cozinha. As suas brincadeiras foram evoluindo, mas uma constante neste seu mundo do "faz-de-conta" tem sido o seu instinto maternal. Adora brincar com nenucos (sai à tia Nafi) e alterna o papel de mãe com o de professora. Já toma conta dos seus "bebés" há uns tempos, mas continua a adorar fazê-lo{#emotions_dlg.inlove}.

Quando arranjámos a parede do quarto da Maria, optámos por colocar, por cima da zona de actividades, uma prateleira comprida só mesmo para dispôr a "criançada". Confesso que adorei ver os bonecos assim alinhadinhos (vesti-os todos, estavam quase todos despidos, acho é panca universal dos miúdos). Só faltou mesmo ir buscar o João para o sentar ali também{#emotions_dlg.sarcastic}!

 

Fica o registo dos "filhos/ alunos" da Maria (à data):

Da esquerda para a direita, Vesga, Nenucos "oficiais" (o que tem o lacinho rosa na cabeça é o "Bebé" e é o preferido da Maria), Lia e Sofia, bebé rapaz (tem uma piloca), bebé que chora, Titucho, Lucrécia, bebé pequenino, Ruca, mini-Titucho, Dra. Brinquedos e Nancy.

 

Nota: E em casa da avó há muitos mais! A Ema, a Irmã-mais-velha, o Careca,...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Maria, a cake designer

Segunda-feira, 24.02.14

Este ano houve uma novidade no que respeita ao bolo de aniversário do avô João. É que foi a avó que o fez, como habitualmente, mas foi a Maria que o decorou. Assim, o bolo dos 59 anos do avô foi um belo chiffon de chocolate carregadinho de corações, bolinhas e pérolas cor-de-rosinhas...

O avô adorou!

{#emotions_dlg.default}

1 - Maria super compenetrada na decoração do bolo: 

2 - O bolo já pronto! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A festa de aniversário do avô João

Segunda-feira, 24.02.14

Está visto que Fevereiro é um mês de aniversários. A 21 faz anos o avô João e a data é sempre comemorada em família. Lembro-me que o avô (meu pai) deu uma grande festa quando fez 40 anos (eu tinha 15 e achava que 40 era uma idade respeitável{#emotions_dlg.serious}), portanto, para o ano espero que faça o mesmo para celebrar os 60!

Este ano comemorámos os 59 com um jantar em casa dos meus pais (e da tia Nafi), juntamente com os (bis)avós João e Fifina, a Bi e a tia Fofi. Como calhou a uma 6ªfeira, mais uma vez o Bruno teve de chegar atrasado, mas ainda a tempo de se juntar ao bolo (para comer, não para cantar) e à conversa.

Foi um serão mesmo agradável, e os miúdos portaram-se à altura. A Maria andou a distribuir abracinhos por toda a gente, estava particularmente mimosa{#emotions_dlg.kiss}, e o João esteve super calmo e bem-disposto o tempo todo. Está naquela fase de adoração ao avô João, uma fase que curiosamente a Maria também passou, mais ou menos com esta idade. O João adora as caras que o avô faz e gosta muito de passear ao seu colo.

A Maria jantou um bocadinho antes de nós e depois saltitou à nossa volta durante o jantar. Já o João, sentei-o na cadeirinha de refeição e ali ficou, sossegadinho, a observar as pessoas enquanto chuchava (o seu novo vício!). Foi um amor e deixou-nos comer sossegados, sem interromper.

Na altura de cantar os parabéns, mais uma vez a Maria foi estrela e ajudou o avô a apagar as velas do bolo que decorou (ver post seguinte).

O avô gostou muito dos presentes, mas os meus miúdos mimados também tiveram direito a duas surpresas da Bi{#emotions_dlg.gift}: a Maria recebeu um livro da colecção "Princesa Poppy" e o João uma roca, para além do ursinho que ficara em casa do tio Manel, no Natal.

Regressámos a casa já perto da meia-noite e quer a Maria quer o João adormeceram num instante. E no sábado deram-me mais um bom bocado de descanso de manhã (ao Bruno não, já que ele tem que se levantar cedo na mesma para ir para as aulas do MBA...)!

Foi, em suma, uma bela noite de festa. Muitas felicidades, avô!

 

Do jantar de aniversário do avô João:

1 -Avô e neto João num momento ternurento

2 - Tia Fofi e João todo entretido na cadeirinha

3 - Maria e avô durante o "Parabéns a você" - que felizes!

4 - Miúdos e graúdos (só falto eu, o Bruno e a tia Fofi)

5 - João, já de pijaminha, ao colo do pai

6 - Conversas e mimos depois do jantar

7 - Foto de bónus: (bis)avó Fifina embala boneca da Maria 

{#emotions_dlg.happy}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parabéns, pai Bruno!

Segunda-feira, 24.02.14

E poucos dias depois do aniversário do tio, chega o aniversário do pai!

Apesar de terem acordado mais tarde que o Bruno (que é o primeiro a levantar-se nesta casa), a Maria e o João deram logo um acordar muito alegre ao pai, cantando os parabéns cheios de entusiasmo (OK, eu cantei pelo João, mas ele participou com vocalizações próprias{#emotions_dlg.blink}). Depois ofereceram-lhe um presente: um casaco para o surf, embora o pai agora esteja um bocado fora dessas ondas - belo trocadilho! O pai também quer uns óculos de sol novos{#emotions_dlg.style}, mas isso tem de ser ele a escolher...

O "dia do pai" foi passado nas empresas e escolas, embora eu e o Bruno nos tenhamos encontrado para almoçar, a dois, n'O Talho. Mas saímos cedo, à tarde, para estarmos em casa com tempo de preparar o jantar com a família, e ainda estar um bocadinho a quatro.

Desta vez, resolvi experimentar uma coisa nova. É que eu não tenho jeito para a cozinha e acho que já esgotámos as receitas da Lucrécia. Assim, encomendei o jantar à "Casa da Comida". E aproveitei para escolher um dos pratos preferidos do Bruno: filetes de polvo. Para sobremesa, aproveitei e encomendei o bolo de anos: um cheesecake de forno com coulis de frutos vermelhos{#emotions_dlg.drool}. É uma das sobremesas que o Bruno mais gosta e sempre variamos um bocadinho dos doces de chocolate (não que eu me farte alguma vez...).

O jantar foi um sucesso: pela comida e pelo ambiente. Toda a gente estava bem-disposta e os miúdos felizes e bem-comportados. Ajudou o facto de termos combinado a coisa para cedo. Claro que a Maria acabou por passar a sua hora de deitar, mas um dia não são dias e este em particular é sempre especial. Feliz ano novo, pai Bruno{#emotions_dlg.kiss}

 

Do jantar de aniversário do pai:

1 - Durante o "Parabéns a você"

2 - Um abracinho mesmo bom (adoro{#emotions_dlg.inlove}!)

3 - Os convidados antes do ataque ao bolo

{#emotions_dlg.smile}

 

Nota: No sábado seguinte, o Bruno comemorou o aniversário com os "tios" do costume. Fomos jantar fora e os miúdos ficaram com os avós. No entanto, para a Maria também foi noite de festa: adormeceu no sofá já perto da meia-noite. Os avós estavam estafados quando chegámos a casa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Panquecas em Palmela - 279ª edição

Segunda-feira, 24.02.14

Pois que também isto é uma tradição: as panquecas em Palmela. Sempre saborosas, com manteiga ou mel, muito quentinhas, caem mesmo bem nas tardes frias de Inverno!

Costuma ser a tia Fofi a preparar a massa, mas desta vez foi a (bis)avó Fifina quem fez a massa, com uma ajudante muito especial: a Maria! Está visto que a Maria tem muito mais interesse pela cozinha do que eu, não perde uma oportunidade de ir "ajudar"{#emotions_dlg.sarcastic}.

Estávamos nós muito animadamente à conversa com os avós (a tia Nafi também fora) quando chegaram os tios "esquiadores". A tia Fofi, a tia Tété e o tio Rui chegaram muito animados, cheios de bom aspecto e com muitas coisas giras para contar. O Pedro e a Sara também tinham ido à Serra Nevada, mas já estavam nas respectivas casas (o Pedro provavelmente a encher a pequena Leonor de beijocas, já que ela ficara por cá). A história mais gira foi a do cartão sénior do tio Rui, já tem desconto nas pistas{#emotions_dlg.amazed}! Incrível, não há dúvida que os nossos seniores estão cada vez mais novos (bom, eu também estou cada vez mais velha...).

Foi, por isso, um grupo grande e animado que se juntou à mesa, de volta das panquecas. A Maria teve direito à primeira e estava deliciosa. Parece que também tem o jeitinho da família para esta já tão tradicional massa. O João ainda só pode comer com os olhos, mas esteve connosco à mesa, sempre sorridente. E ainda comeu a sua papa antes de sairmos de regresso a casa.

Foi uma tarde super bem passada, que começara com o almoço de netos da Bi e se prolongara em Palmela. E agora íamos ao encontro do tio Carlitos, para jantar em casa com ele. Os miúdos tiveram dose extra de atenção durante toda a tarde e noite, portanto...

Que dia fantástico{#emotions_dlg.ok}!

 

Da saborosa tarde em Palmela:

1 - Na cozinha da (bis)avó Fifina 

2 - Maria e (bis)avó Fifina a preparar a massa das panquecas 

3 - Hora do chá (e das panquecas) 

4 - Durante o lanche 

{#emotions_dlg.tongue}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Almoço de netos com a Bi

Segunda-feira, 24.02.14

O almoço de netos é uma tradição desde sempre. Lembro-me de quase todos os netos serem pequeninos e os almoços serem em casa da Bi. Às vezes os almoços eram temáticos (recordo uma Bi vestida de vendedora de cachorros quentes{#emotions_dlg.sarcastic}, com carrinho com toldo listado e tudo!), e muitas vezes prolongavam-se com jogos e filmes infantis.

Entretanto, os netos cresceram e agora há bisnetos. A logística já não dá para estarmos todos à mesa da Bi, e ultimamente o almoço tem sido na Capricciosa de Carcavelos, onde há sempre muitas famílias e barulho, pelo que não destoamos. A Maria estreara-se nestes almoços em bebé e agora era a vez do João.

O almoço de netos mais recente foi no sábado, dia 8. Chegámos um bocadinho atrasados, e pedimos logo a comida. Ainda consegui que a Maria comesse meia pizza Marguerita antes de se levantar para ir "laurear a pevide". Pois o que ela queria era cirandar entre a tia Nafi e as primas, que estavam na outra ponta da mesa. E quando se juntou a elas, não mais "descolou" (mentira, voltou ao seu lugar para comer um geladinho de morango{#emotions_dlg.tongue}).

O João portou-se lindamente, sempre de olho no que estávamos a comer (acho que já começa a desconfiar que os nossos alimentos são mais saborosos). Mas esteve sempre bem-disposto e só choramingou quando chegou a sua hora de comer. Pena é que isso coincidiu com a fotografia de grupo, no restaurante, e portanto, ele não "aparece" lá muito bem{#emotions_dlg.snob}. Depois do iogurte com bolacha, "arrumou às boxes" e chegou ao carro já a dormir.

Foi um belo almoço e a Bi adorou estar este bocadinho com os netos e bisnetos todos (só faltou mesmo a Joana, que está em Londres).

Teria sido bom se pudessemos estender a tarde com a Bi (alguns dos netos foram até sua casa), mas já combináramos com os bisavós João e Fifina dar um saltinho a Palmela também. Um dia muito familiar, portanto. E muito agitado. Mas sempre, sempre bom{#emotions_dlg.heart}!

 

Do almoço de netos:

1 - João muito bem comportadinho

2 - Maria a olhar a praia (desejosa do Verão)

3 - O grupo!

{#emotions_dlg.redflower}

Autoria e outros dados (tags, etc)

A festa do tio Carlitos

Segunda-feira, 24.02.14

O tio Carlitos fez anos no passado dia 8 (não vamos dizer quantos, mas para o ano a festa terá de ser em grande{#emotions_dlg.blink}!). Mas a festa não foi nesse sábado, foi na noite de sexta (dia 7), apanhando a meia-noite.

A ideia partira do tio CB e toda a gente aderiu. O pai Bruno chegaria um bocadinho mais tarde por causa do MBA, mas muito a tempo de comemorar o aniversário do irmão.

Entretanto, as pessoas foram chegando e os miúdos felicíssimos com a animação e os mimos dos tios. A Maria, já se sabe, aproveita para ir "rodando" as atenções, tendo assim sempre tempo de antena. O João começa agora a achar mais piada a estas noites de festa e a perceber que também é um pequeno reizinho nas mãos dos tios. Desta vez esteve "n" tempos ao colo do padrinho e outros tantos ao colo do aniversariante, sempre sorridente e bem-disposto{#emotions_dlg.happy}.

O João só não conseguiu foi aguentar até à meia-noite para cantar os parabéns ao tio (também não queríamos que aguentasse...). Mas ainda estava acordado quando o pai chegou. E assim que bebeu o leite da ceia, por volta das 22h30, adormeceu logo de seguida. Já a Maria estava com energia para dar e vender, claro! E foi ela que, ao colo do seu padrinho, o ajudou a apagar as velas (que, coitadas, estavam a derreter completamente para cima do bolo de chocolate).

Ainda ficámos um bocado à conversa depois da hora do bolo. Tentámos ligar aos tios Melos, que estavam de férias nas Maldivas, só mesmo para nos metermos com eles{#emotions_dlg.sarcastic}. E pré-combinámos passar uns dias juntos no Algarve lá para Agosto (vamos lá ver se se concretiza).

E foi com muitos desejos de dia bem passado ao tio Carlitos que nos despedimos todos. Se bem que nós ainda estivemos com o aniversariante ao jantar desse mesmo dia.

Parabéns, tio Carlitos!

 

Imagens da noite:

1 - Alguns tios à mesa e um João muito animado ao colo do padrinho

2 - Tio CB, João e tio Carlitos a espreitar

 

3 - Maria e tia Preta

4 - O aniversariante com os sobrinhos

 

5 - Padrinho e afilhada muito sorridentes, João cheio de sono

6 - Durante o "Parabéns a você"

{#emotions_dlg.king}

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Dentista em Lisboa

    Sempre que as crianças fazem uma conquista é uma v...

  • Janete

    Que doçura de blog! Parecem muito felizes!

  • Paula

    OláA procura de sítiio onde ficar no algarve ,enco...

  • Preta

    Este blog encerrou e não avisaste os teus leitores...

  • MIF

    Fica prometido!Beijinhos e saudades,MIF






subscrever feeds



Pág. 1/4